PASSOS PARA A LIBERTAÇÃO

 

  1.        Ore em nome de Jesus ordenando que o demônio seja amarrado e se manifeste ( Mt 12: 22-29).   A importância desse passo é que muitas vezes eles tentam ocultar-se e por isso não podem serem expulsos. No entanto, quando são ordenados a se manifestarem e se submetem a esta ordem já estão confessando a sua derrota. Por outro lado, se não forem amarrados, poderão machucar a pessoa a quem estão possuindo. E Jesus disse que ninguém pode tomar os bens de um demônio sem primeiro amarrá-lo       ( Mt 12 : 29 ).
  2.        Ordene que o demônio confesse qual é o seu nome. A razão para isto, conforme o exposto anteriormente, é que os espíritos se caracterizam, passando a responder somente pelos seus respectivos nomes. Caso haja nesse momento uma revelação sobre qual espírito está agindo na vida da pessoa, isto não será necessário.
  3.        Ordene que o espírito diga quem é seu cabeça, seu chefe. Muitas vezes eles andam em grupos e sempre tem um cabeça. Se  não expulsamos o cabeça, os demais voltarão com outros espíritos e a situação da pessoa piorará. ( Lc 11: 24-26 ).
  4.        Ao tomar conhecimento de quem é o cabeça do grupo, ordene que ele se manifeste. Ordene em nome de Jesus que ele confesse a sua derrota  e a derrota de seus companheiros. Quando ele confessar sua derrota, ordene que ele saia com todos os outros demônios, levando todos os males que estiver causando na vida da pessoa.

Observações:  Todas as ordens devem ser dadas no nome do Senhor Jesus. Não fique conversando com demônios. Ele é Treva. Você é Luz. Não pode haver comunhão de nenhuma espécie entre ele e você. Somente faça perguntas necessárias para a libertação, tais como qual é o seu nome, o que está fazendo na vida da pessoa,  quem é o seu chefe, etc… Mesmo estas perguntas somente necessitam serem feitas em ocasiões específicas.

COMO QUEBRAR O PODER DOS DEMÔNIOS

Há demônios que tentam resistir às ordens mesmo quando estas são dadas em nome de Jesus. Nestes casos há algumas coisas que podem serem feitas para quebrar a autoridade do demônio. Nos relatos dos evangelhos, encontramos vários sobre a expulsão de demônios. Dentre estes, o demônio que mais resistiu a Jesus foi a Legião do endemoninhado de Gadara ( Mc 5: 1-20 ). Alguns fatos podem ser notados neste relato:

  1. Jesus deu uma ordem à Legião ( Mc 5:8 )
  2. Os espíritos a princípio não obedeceram a Jesus ( Mc 5: 8-13)
  3. Jesus começou a fazer perguntas ao demônio ( Mc 5: 9)

Qual foi o propósito de Jesus ao fazer tais perguntas? Podemos compreender isto em Mc 5: 7 , onde o espírito pede a Jesus que o não atormente.  No texto grego, o original, este trecho é lido da seguinte forma: “  Rogo-te que não me atormentes  (ou tortures)  por meio de perguntas “.  Jesus estava literalmente quebrando a resistência daquela legião por meio de perguntas. Esta é uma das maneiras de quebrarmos a resistência de espíritos que resistem às ordens dadas, ou seja, fazermos perguntas e ordenar que eles respondam qual o seu nome, o que estão fazendo, etc… Ao ser quebrada a resistência ao obtermos as respostas eles poderão serem expulsos.  A segunda maneira de podermos quebrar essa resistência  é citarmos a Palavra de Deus. Foi assim que Jesus venceu ao próprio Satanás ( Mt 4: 1-11) A única arma usada por Jesus foi o que está escrito na Palavra de Deus.
Outra forma eficaz de quebrarmos a resistência do espírito imundo é atormentá-lo com o Poder de Deus que está em nós. Em Atos 1:8 e 2:4 podemos ver que o Poder de Deus está em nós, que é o Espírito Santo. ( Lc 1:35 ) Devemos usar deste poder para testemunhar de Jesus. Uma maneira é expulsar os demônios pelo Poder de Deus. Quando um demônio tentar resistir a você, imponha as suas mãos sobre ele e declare que ele está sendo queimado. Isto o atormentará ( Mc 5:7 ).  Posso afirmar isso pela Palavra de Deus e por experiência pessoal. A primeira  vez que vi uma pessoa possessa confesso que fiquei aterrorizado. Aquela pessoa veio sobre mim me agredindo e eu nada sabia sobre libertação, contudo fui impulsionado a impor as minhas mãos sobre aquela pessoa e a dizer : – Queima Jesus! O demônio começou a gritar de dor e assim sua resistência foi quebrada. Logo citei a Palavra de Deus e aquele demônio se aterrorizou diante dela ( A Bíblia diz que eles estremecem ).  Quando perguntei o nome do demônio ele disse que se chama Tranca-Rua e que desejava matar aquela mulher. Quando sua resistência foi quebrada eu o expulsei em o nome de Jesus. Embora eu nada soubesse a respeito de libertação, conhecia a Palavra de Deus e já o Espírito Santo estava sobre mim e ele me ensinou a tratar com aquela situação mediante a Palavra. Desde então tenho agido assim em todos os casos em que os demônios tentam resistir, utilizando estes três métodos:

  1. Fazendo perguntas em Nome de Jesus
  2. Repreendendo através da Palavra.
  3. Atormentado-os com o Poder de Deus.

Obs: Quando me refiro ao Poder de Deus não estou falando de fazer uso do Espírito Santo, mas de ser usado pelo Espírito Santo segundo a sua direção.