4ª dispensação: O homem sob a promessa

 – Dentre os dispersos descendentes dos construtores da Torre de Babel, Deus chamou um homem, Abraão, com quem fez uma aliança. Algumas das promessas feitas a Abraão e aos seus descendentes foram puramente graciosas e incondicionais. [Em sua onisciência Deus viu ser perda de tempo fazer qualquer aliança condicional com o homem, pois cada uma sempre resultava em fracasso]. Esta última aliança tem sido e será totalmente cumprida. Outras alianças foram condicionais sobre a fidelidade e obediência de Israel. E todas foram violadas, tendo a 4ª. dispensação resultado em fracasso, com o castigo do povo, no cativeiro egípcio.
O Livro de Gênesis começa com as sublimes palavras “No princípio criou Deus os céus e a terra” e termina em um caixão funerário, no Egito (Ver Gênesis 12:1-3; 13:14-17; 15:5; 26:3; 28:12-13 e Êxodo 1: 13-14.)